A Farfetch apresentou o Fuse Valley, o novo campus que a startup vai abrir em Matosinhos em 2025, com o objetivo de ser o empreendimento mais sustentável de Portugal.

Publicidade

A Farfetch, plataforma online de venda de artigos de moda de luxo, e o Castro Group, que trabalha nas áreas de promoção e construção imobiliária, apresentaram o projeto Fuse Valley, o futuro vale tecnológico que irá nascer em Matosinhos, até 2025.

O novo vale tecnológico será um espaço de fusão e encontro, onde empresas, cultura, arte e a comunidade se fundem e se conectam, sendo que uma das particularidades deste projeto é o facto de 81% dos espaços exteriores serem totalmente abertos à comunidade, numa total harmonia e respeito pelo meio-ambiente envolvente.

O novo espaço terá 140 mil metros quadrados, onde 60 mil serão ocupados pelos escritórios da Farfetch e os restantes serão outros edifícios de escritórios e serviços que ficarão a cargo do Castro Group, como um hotel com 65 quartos e áreas de restauração, ginásio, SPA e um anfiteatro ao ar livre.