O Ministério da Economia e a Startup Portugal apresentaram quatro novas medidas de apoio a empreendedores de base tecnológica.

Publicidade

As novas medidas de apoio são o programa de residências digitais E-Residency, o Balcão do Empreendedor One Stop Shop, o novo Startup Hub e o programa para modernizar o interior +CO3SO Digital.

A apresentação das medidas decorreu esta segunda-feira na inauguração das novas instalações da Startup Portugal, Associação privada sem fins lucrativos para a promoção do Empreendedorismo, no Ministério da Economia, em Lisboa, pela Startup Portugal, pelo ministro do Estado, da Economia e da Transição Digital e pelo secretário de Estado para a Transição Digital e a Secretária de Estado da Valorização do Interior.

As novas medidas de apoios para Startups são:

Programa de residências digitais E-Residency

Uma das principais medidas apresentadas é o programa e-Residency, que surge como um novo conceito de cidadania virtual assente em serviços públicos desmaterializados que passam a estar disponíveis para estrangeiros.

Esta iniciativa têm como objectivo impulsionar a economia e o perfil internacional em Portugal, atribuindo a cidadãos não residentes a possibilidade de usufruírem de serviços públicos nacionais, nomeadamente através da criação de empresa com número fiscal português ou da abertura de contas bancárias e será desenhado e promovido pela Startup Portugal com o propósito de atrair mais de 5 000 nómadas digitais, empreendedores e investidores internacionais. 

Balcão do Empreendedor One Stop Shop

A Startup Portugal vai lançar o One Stop Shop, um Balcão do Empreendedor dedicado a cidadãos nacionais e estrangeiros para apoio e acompanhamento no processo de criação de um negócio em Portugal. No seguimento, foi também anunciando, em breve, todos os sites do Governo passarão a estar disponíveis na língua inglesa por forma a facilitar a obtenção de informação por parte de cidadãos estrangeiros, nomeadamente empreendedores ou investidores. 

Plataforma Startup Hub

O Startup Hub foi atualizado e pretende funcionar como plataforma centralizada agregadora de toda a informação relativa ao ecossistema de startups, incubadoras e venture capitals, vão eatar também listadas todas as vantagens disponíveis para utilização por parte das startups que se registarem, fruto de parcerias com empresas como a Aptoide, a Amazon Web Services, a Ernst & Young, a Revolut, a Bizay (360Imprimir), a InvoiceExpress e a ShopKit. 

Programa para modernizar o interior +CO3SO Digital

O programa +CO3SO Digital, desenhado para aproveitar o potencial do digital na aceleração do desenvolvimento do interior de Portugal por via da ligação mais estreita entre tecnológicas e empresas tradicionais, bem como pela criação de postos de trabalho no interior do País, nomeadamente reforçando a capacidade da Rede Nacional de Incubadoras.

As medidas vão ser implementadas no decorrer deste ano e pretendem fomentar o empreendedorismo de base tecnológica em Portugal.