O empreendedorismo tem vindo a ganhar destaque nos últimos anos como uma das mais relevantes formas de desenvolvimento da nossa sociedade.

Publicidade

A temática do empreendedorismo está associada a um espírito inovador, criativo, capaz de identificar um problema e transformá-lo numa oportunidade. Descobrir as diferenças da realidade de todos e pensar o que ninguém pensou.

Para fomentar o espírito empreendedor, reuni as principais tendências de empreendedorismo para o próximo ano:

Economia partilhada

A economia partilhada é um modelo económico que se desenvolve através da partilha de bens, serviços, recursos humanos, conhecimento e é também uma forma de rentabilizar ativos pouco utilizados. A massificação das plataformas digitais têm permitido o crescimento deste modelo económico da partilha, que nos faz lembrar o início das transações comerciais entre humanos, quando não existia dinheiro e se trocava por outros produtos.

Este conceito da economia visa principalmente a obtenção de valores monetários com a partilha daquilo que não usamos, como por exemplo disponibilizar a nossa casa ou o nosso carro numa série de plataformas criadas para esse efeito.

Considero uma das maiores tendências com grande impacto na sociedade nos próximos anos, dando origem a novos empregos e à criação de novas empresas de crescimento acelerado. Podem dessa forma pôr em causa grandes multinacionais da economia tradicional, devido ao crescimento das partilhas existindo uma diminuição significativa de comprar novo. Começa também a existir uma adaptação dessas empresas tradicionais, onde por exemplo na industria automóvel criaram plataformas onde as pessoas podem partilhar veículos.

Finanças

As Fintech são a principal tendência na área financeira nos próximos anos, devido a usarem a tecnologia oferecendo serviços financeiros de uma forma inovadora e muito eficiente com excelentes resultados para os clientes.

Em Portugal podemos destacar algumas fintech, como a Feedzai, uma das startups de maior sucesso da actualidade, que desenvolveu um software de segurança que permite encontrar anomalias ou possíveis fraudes monetárias, outra é a PPL Crowdfunding, uma startup que desenvolveu um plataforma de financiamento colectivo que permite a promoção e a realização de ideias criativas.

Sustentabilidade

A qualidade de vida é cada vez mais desejada na sociedade, com uma importância crescente em termos globais, onde vários movimentos e grupos relacionados com a sustentabilidade se destacam na opinião pública. Devido às alterações climáticas e às suas consequências para a nossa vida, é inevitável uma maior preservação do ambiente no futuro, mais sustentável.

Em grande destaque nesta área vão estar os negócios de alimentação saudável e biológica, actividades físicas e reciclagem.

Produtos artesanais

Talvez a tendência com maior crescimento nos últimos anos que não têm tanta projeção mediática, mas com grande impacto na nossa sociedade, é muitas vezes desvalorizada, contribuindo cada vez mais para a criação de novos negócios de sucesso.

As pessoas gostam cada vez mais de serem diferentes, ter produtos personalizados, únicos de pequenas produções, os quais são cada vez mais procurados, criando uma grande oportunidade de negócio.

Os produtos artesanais como as cervejas, queijos, sabonetes, perfumes, roupas e jóias são alguns exemplos que se destacam pela qualidade superior.

Estas são as quatro tendências principais que na minha opinião vão fazer a diferença no próximo ano na área do empreendedorismo e impulsionar a criação de negócios em Portugal e no mundo.

error: