Publicidade

Actualmente as redes sociais são o principal meio de comunicação do sector do turismo, a sua importância e impacto nesta actividade é enorme.

As redes sociais são particularmente usadas por destinos turísticos, existindo “case studies” de sucesso espalhados por todo o mundo que tiveram impacto directo no crescimento significativo dos visitantes, como aconteceu em 2018 com a campanha “7 ilhas que se tornaram 47” criada pela Promotur – Turismo das Canárias e agência DEC BBDO que venceu o Gold Award, referente ao primeiro lugar, na categoria “Best Digital Campaign in Tourism” (Melhor Campanha Digital de Turismo) no International Travel & Tourism Awards.

Em Portugal existem também excelentes exemplos da área do turismo de grande sucesso, como a campanha promocional “Turismo Centro de Portugal – Destino Preferido”, do Turismo Centro de Portugal que teve um impacto único no reforço da notoriedade da marca em todo o mundo. 

A ANA Aeroportos, também aposta em várias campanhas nas redes sociais para promover os seus aeroportos em Portugal, destacando as actividades, destinos e companhias, de uma forma simples sem grandes sobressaltos até à passada segunda-feira, onde decorria desde de 23 de Julho na página do Facebook do Aeroporto de Faro uma campanha promovendo o destino francês de Marselha com o lema: “Foge da confusão algarvia e descansa em França!”, destacando de uma forma negativa a região algarvia. 

A campanha de Marselha teve um grande impacto mediático na segunda- feira, depois de um grande número de críticas negativas de cidadãos e políticos algarvios, culminando pela sua retirada depois da Região de Turismo do Algarve ter alertado a direção do Aeroporto de Faro e o governo ter ordenado a sua eliminação. 

A agência publicitária responsável pela campanha, Brandworkers, com sede em Lisboa, assumiu toda a responsabilidade, reconhecendo a falha, revelando que o anúncio tinha sido recusado previamente pela equipa da ANA Aeroportos de Faro. Na minha opinião, este último aspecto é na minha opinião um sinal de amadorismo, todos nós erramos, ninguém é perfeito, mas colocar no ar uma campanha que foi recusada por um cliente é um erro grave que neste caso teve um grande impacto negativo.

Aproveitando a polémica gerada, decidi no mesmo dia com a minha equipa criar a campanha “Foge para o Algarve” através da 3WX Digital Creative Agency para promover de uma forma positiva a região do Algarve como principal destino de turismo de praia da Europa, que teve um grande sucesso.

No Marketing Digital e também na nossa vida, devemos destacar sempre os aspectos positivos, são esses os mais importantes e que merecem a nossa atenção, as coisas que correm menos bem devem ser lições para o futuro. Uma comunicação digital positiva faz a diferença!