Publicidade

Um empreendedor ambiciona sempre o sucesso, principalmente no início de um novo ano, onde são planeados uma série de objectivos a serem concretizados.

Uma ferramenta indispensável para o sucesso desses objectivos é o pitch, que é uma apresentação com a duração entre os 3 a 5 minutos onde se pretende despertar o interesse do publico, podendo ser usado nas mais diversas situações, desde investidores, clientes ou parceiros.

O pitch deve conter um conteúdo diferenciador e ser apresentado verbalmente.

Deve ser construído em 6 fases:
1 – Qual é a oportunidade
2 – O mercado alvo
3 – Solução do problema
4 – Os factores diferenciadores
5 – O que está a procura
6 – Conclusão rápida

Estas fases são genéricas e podem ser adaptadas ao objectivo da apresentação, o que é importante é demonstrar claramente os factores diferenciadores, o seu conhecimento e a capacidade de execução.

Uma dica importante é a criar 2 ou 3 versões do seu pitch com o objectivo de ser adaptado ao perfil de que está a ouvir, deve ser criadas emoções ou surpresa para despertar um maior interesse.

Fase 1 e 2 – Qual é a oportunidade e o mercado alvo
Devemos iniciar um pitch indicando a oportunidade que a sua empresa ou projecto está a responder, mostrando qual é o mercado e a sua necessidade. Exemplo: “Vamos resolver os problemas de atraso na distribuição de correio”. O mercado é “distribuidoras de correio” e a oportunidade “ problemas de atraso na distribuição”.

Fase 3 – Solução do problema
De seguida mostre a solução que criou para dar resposta a oportunidade, destacando já a tua inovação. Exemplo: “Através da utilização de drones desenvolvidos com tecnologia própria com monitorização em tempo real”. Aqui detalhamos o funcionamento e destacamos a inovação “tecnologia própria”. Nesta fase é importante mostrar um auxiliar visual, amostras do seu produto ou serviço, fotos de um protótipo para facilitar a compreensão da sua capacidade de execução.

Fase 4 – Os factores diferenciadores

Nesta fase é onde acontece a magia, é decisivo reforçar e mostrar novas vantagens da nossa solução ou projecto perante o mercado. Exemplo: “Os nossos drones com tecnologia própria, diferente do líder de mercado, vai permitir poupanças no transporte utilizando energias renováveis”.



Fases 5 e 6 – O que está a procura e conclusão rápida

No final do pitch, perante um investidor, deves dizer qual é a fase de desenvolvimento do teu negocio, o valor de investimento que procuras e para o qual será utilizado. Deve terminar com uma conclusão de impacto que fique na memória. Exemplo: “Possuímos um drone a funcionar e realizamos testes supervisionados pela empresa X, estamos a procura de um investimento de X euros para concluirmos o desenvolvimento da tecnologia, fabricar mais drones e concluir negociações com os primeiros clientes.” Concluindo com “estamos preparados para revolucionar um mercado tradicional com grandes prestativas de crescimento”.

É muito importante um treino com a equipa ou amigos para pedir opiniões e sugestões de melhoria, ganhando dessa forma confiança e mais descontração.

Um pitch pode ser adaptado as mais diversas situações, e se for bem conseguido, vai mudar o futuro de um empreendedor ou de uma empresa. Já ganhei muitos clientes com esta ferramenta que treino constantemente.