Publicidade

A Wayve foi a grande vencedora do concurso de startups da Web Summit. A Startup inglesa criou um software com inteligência artificial para aplicar em carros autónomos.

A grande vencedora do pitch da Web Summit deste ano foi criada por estudantes do departamento de engenharia da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, com o objectivo de usar algoritmos de inteligência artificial para pôr carros autónomos a conduzir nas estradas, sem os ter de programar com mapas das estradas de várias cidades.

Os restantes finalistas foram a lvl5, que usa câmaras e inteligência artificial para mapear a realidade e conseguir massificar a utilização de carros autónomos e a FACTMATA, uma startups que quer combater as noticias falsas através de uma ferramenta que classifica automaticamente a qualidade e credibilidade de cada notícia.

O concurso teve como júri três investidores internacionais representantes das maiores incubadoras do mundo, Bedy Yang, sócia da 500 Startups; Tom Stafford, sócio da DST Global; Holly Liu, sócia da Y Combinator. O público também avaliou a sua startups favorita, através da aplicação da Web Summit.

Este ano o concurso teve a participação de 168 startups de 40 países, na semi-final esteve a startups portuguesa FarmCloud e a Codacy foi a vencedora do prémio em 2014.